1. Você gostaria de saber como passar no Ambulatório do Núcleo TransUnifesp?

Nós, profissionais de saúde que compõe a equipe do Núcleo TransUnifesp, somente atendemos usuário(a)s do SUS encaminhado(a)s das Unidades Básicas de Saúde (UBS) via Central de Regulação de Ofertas e Serviços de Saúde (CROSS) ou pelo Ambulatório TT do Centro de Referência e Treinamento DST/AIDS-SP (Santa Cruz).

Nosso ambulatório trabalha em parceria com o ambulatório TT desde 2016, partilhando encaminhamentos para especialidades, lista de espera para cirurgias e dispensação de medicamentos.

Se você é estudante ou servidor da Unifesp poderá se dirigir diretamente ao Ambulatório do Núcleo e, em seguida, será encaminhado(a) para abrir cartão no CRT também.

Recomendamos que você:

  1. Acesse a UBS de sua região de domicílio e apresente suas demandas;
  2. Aguarde a CROSS agendar seu atendimento no Núcleo TransUnifesp ou ser avisado(a) pelo CRT/DST;

       III. Depois do agendamento, dirija-se ao nosso ambulatório no endereço abaixo:

  • Endereço do Ambulatório: Rua Napoleão de Barros, 859. Vila Clementino, São Paulo – SP. CEP: 04024002 São Paulo. Metrô Hospital São Paulo ou Santa Cruz.

 

  1. Você gostaria de compor a equipe transdisciplinar do ambulatório como profissional voluntário?

Será um prazer conversar com você sobre seu interesse em participar da nossa equipe.

Poderemos conversar depois das reuniões científicas mensais que ocorrem todas primeiras terças-feiras do mês, das 12 às 15 horas, no Campus São Paulo da Unifesp, em anfiteatro previamente divulgado aqui neste site ou nas redes sociais (Núcleo TransUnifesp).

Essas reuniões são abertas a todo o público, de dentro e fora da Unifesp, inclusive estudantes, pesquisadores e ativistas dos direitos humanos e LGBTQIA+, e pessoas sensíveis às questões da transexualidade, travestilidade, assexualidade e intersexualidade, quer sejam transgênero, cisgênero ou gênero não binário.

Para integrar a equipe multiprofissional, você precisa conhecer os princípios que defendemos quanto ao atendimento à população trans. Nós trabalhamos pela Psicodespatologização das Identidades Trans & Cuidado Singularizado. Para que você possa partilhar e integrar com a nossa missão do Núcleo Trans, deverá cumprir com os seguintes pré-requisitos:

  1. Conhecer o modelo de trabalho de nossa equipe de atendimento;
  2. Conversar com membros da equipe e, oportunamente, com os coordenadores do serviço;
  3.  Ter interesse em ser voluntário(a) que comporá uma equipe que trabalha no modelo de gestão colegiada, que acredita no atendimento transdisciplinar, e que pensa a linha de cuidado para pessoa trans de forma singularizada;
  4. É imprescindível ter disponibilidade de participação nas reuniões de equipe multiprofissional ao final do atendimento ambulatorial todas às terças-feiras das 17 às 18 horas, lembrando que o atendimento uni profissional ocorre das 13-16 horas;
  5. Participar do acolhimento inicial de usuário(a)s (últimas terças-feiras do mês);
  6. Fazer o Diálogo de Capacitação de Equipe para Atendimento, cuja agenda será informada previamente. Geralmente um encontro de capacitação por semestre.

 

  1. Você gostaria de desenvolver algum projeto de pesquisa, pesquisação, ou produção de conhecimento com a população atendida no Núcleo TransUnifesp?

Sua proposta é muito bem-vinda!!!

Você precisa entrar em contato pelo e-mail (Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. ) e participar aos coordenadores do Núcleo sobre sua proposta.

Para poder iniciar sua pesquisa, você deverá apresentar em reunião aberta para apreciação da comunidade unifesp, ativistas e pesquisadores de temáticas LGBTQIA+. Em seguida, submeter ao Comitê de Ética da Unifesp seu projeto com a anuência da coordenação do Núcleo.

  • Não esqueça de que pactuamos com o lema: Nada Sobre Nós Sem Nós.

Boa sorte!!

© 2019 a 2020 - Universidade Federal de São Paulo - Unifesp
Rua Sena Madureira, n.º 1.500 - Vila Clementino - São Paulo - SP - CEP: 04021-001